Campos do Jordão, SP – Capivari e muito mais

0 Compart.
Siga-nos:
Facebook
Facebook
Instagram

 

Pedra do Baú - cartão postal
Pedra do Baú – cartão postal

Campos do Jordão 

Campos, como carinhosamente chamamos é uma cidade turística localizada na serra da Mantiqueira entre São Paulo e Rio de Janeiro. Fervilha desde o feriado de Corpus Christi até o final da temporada de julho e o centrinho de Capivari é o um dos points de inverno mais cobiçados e badalados dessa época. Porém, os encantos da cidade vão muito além do centrinho! A natureza exuberante da região encanta pelo jeitinho de roça de lugares inusitados com lagos, cachoeiras e trilhas. Uma simplicidade encantadora!

Portal

Já no Portal da Entrada da cidade, a arquitetura em estilo europeu chama a atenção e as lindas araucárias dão boas vindas aos visitantes! Não esqueça de pegar o livrinho que distribuem para os visitantes, é bem útil. Ao entrar, tome cuidado com os radares (50 km por hora). Só de passar pelo portal você já sente o clima da montanha, como é bom! 

Portal da Entrada
Portal da Entrada
Araucárias deslumbrantes
Araucárias deslumbrantes

Céu azul

No inverno, a cidade fica lotada de gente bonita, as lojas e os restaurantes reabrem, os fondues fazem sucesso e o encanto recomeça! O encantamento já começa com a mistura do friozinho com sol e aquele céu de azul intenso, sabe? Como não amar! Impossível.

Céu limpo de azul intenso
Céu limpo de azul intenso

Atrativos

Além das famosas malhas e chocolates a cidade é conhecida pela ótima estrutura hoteleira, pela gastronômica, pelo ecoturismo e considerada um pólo cultural devido ao conceituado Festival internacional de Inverno de música erudita. O Festival é o maior evento de música clássica do país e recebe artistas renomados nacionais e internacionais. Há também shows e baladas, os promotores de alguns eventos vendem os ingressos no próprio calçadão de Capivari.

 

Auditório Claudio Santoro
Auditório Claudio Santoro
Shows diversos
Shows e baladas

Hotelaria

As tarifas hoteleiras vão de acordo com a época e bairro. Os bairros de Abernéssia e Jaguaribe oferecem opções mais acessíveis enquanto que em Capivari os valores podem ser exorbitantes, então pesquise bem! Com antecedência é possível encontrar opções para todos os bolsos como chalés, colônias de férias, pousadas, apartamentos para locação e também hotéis elegantes, renomados e requintados que remetem a castelos europeus.

Capivari e o Baden Baden

Capivari fica sempre movimentado mas a noite lota e caso você não esteja hospedado na região vai ter dificuldades para estacionar. Tente parar um pouco mais afastado, é sempre possível achar uma vaguinha! Parece que tudo acontece em torno do restaurante Baden Baden mas NaReal ao menos que você tenha chegado muito cedo, dificilmente vai encontrar uma mesa disponível. A cervejaria fica em uma esquina cobiçada e suas cervejas artesanais agradam bastante. Inclusive, é possível visitar a fábrica que fica na Vila Santa Cruz e fazer o Baden Baden Tour, é necessário agendamento.

Cervejas Baden Baden
Cervejas Baden Baden

Existem também outras boas opções ao redor, ótimos restaurantes, bares e cafés. Passeie pelo calçadão do centrinho todo iluminado e florido, é um charme!

Centrinho de Capivari
Centrinho de Capivari
Capivari e seus encantos
Capivari e seus encantos

Chocolates

Antigamente o Montanhês era um dos lugares que liderava a venda de chocolate, hoje em dia apesar de ser ainda uma loja  tradicional , é possível encontrar outras boas opções ao longo do calçadão de Capivari e em Jaguaribe e Abernéssia. Gosto muito também do Bruno Alves Chocolatier e do Toco. Chocolate quente para esquentar é sempre bom e o cremoso então, simplesmente uma tentação!

Chocolate cremoso
Chocolate cremoso
Chocolates artesanais
Chocolates artesanais

Lojinhas

As lojinhas atualmente oferecem também muito mais que as tradicionais malhas e sim roupas de multimarcas famosas, sapatos de grifes, objetos de decoração, móveis e muito mais. Dificilmente não vai comprar uma lembrança, nem que seja uma caixinha de chocolate, um doce de leite ou pinhões. Minha sugestão, faça muitos passeios durante o dia, ande bastante para assim poder desfrutar dessas delícias sem culpa!

Doces artesanais
Doces artesanais
Doces regionais
Doces regionais
Pinhões
Pinhões

O charme dos contrastes

Mercado Municipal - Abernéssia
Mercado Municipal – Abernéssia
Produtos importados Matterhorn - capivari  Foto: Matterhorn
Produtos importados Matterhorn – Capivari Foto: Matterhorn

O bom de Campos

Durante o dia o bom de Campos é literalmente explorar os campos! São inúmeros os passeios que a cidade oferece, existem alguns lugares bem interessantes para  conhecer! Pode ser um fim de semana prolongado ou nas férias de julho, o importante é se programar! Normalmente, começamos esses passeios já no meio da manhã, já que é quase impossível acordar muito cedo no friozinho! Leve então alguns lanches e bebidas, o ar da Montanha dá uma fome!! Seguem algumas sugestões de passeios.

Lago do Pico do itapeva

Um lugar que está sempre na minha lista é o lago do Pico do Itapeva. Um lago incrível, com uma vista maravilhosa, principalmente da tirolesa que atravessa o lago. As crianças adoram! Certamente um local para guardar na memória! Pode ventar um pouco já que é pertinho do Pico do Itapeva. O Pico possui uma altitude de 2055m com vista pamorâmica para 15 cidades do Vale do Paraíba, um lugar interessante desde que não esteja lotado. Evite os horários de pico e aproveite para tirar muitas fotos!

Horto Florestal

O Horto como carinhosamente chamamos é um lugar com bosques, trilhas, orquidário, borboletário e pequenas cachoeiras (geladas)! Possui uma boa estrutura com restaurante, banheiros e funcionários bem prestativos além de arvorismo, tirolesa e passeios de bicicleta. Cobra-se a entrada.

Auditório Claudio Santoro

O Auditório recebe músicos de várias regiões para o Festival de música erudita que acontece todo ano. Um lugar lindo que vale um passeio com certeza. Inaugurado em 1979, o teatro possui uma acústica perfeita e é uma sala de espetáculo de padrão internacional. Vale a pena conferir a programação de inverno e comprar seu ingresso antecipadamente. No gramado em frente ao auditório está a exposição de esculturas ao ar livre da artista plástica Felícia Leirner. O branco das obras contrastam com o verde exuberante da mata, um belo lugar!  

Por do sol

Caso não se interesse por nenhum espetáculo, vá pelo menos no final da tarde pra ver um dos mais belas obras, o por do sol. Além de ser uma das melhores vistas da Perda do Baú (símbolo da cidade), a vegetação ao redor com suas araucárias é um show a parte! Só não esqueça de ir bem agasalhado, quando o sol se põe, faz um frio!!

Por do sol e montanhas
Por do sol e montanhas

Pedra do Baú e Bauzinho (São Bento do Sapucaí)

Para escalar a Pedra do Baú, aconselho ir acompanhado de um profissional mas para subir o Bauzinho você só precisa estar bem de sáude e ter bastante disposição! Uma experiência inesquecível já que a vista é belíssima! Dá para ir de carro até um certo ponto e depois é trekking e subida! A vista é espetacular !

Amantikir

Um local para contemplar a natureza com muitas flores e um labirinto verde. A trilha é bem sinalizada, existe a possibilidade de solicitar um guia sem custo adicional (paga-se a entrada). Um passeio tranquilo para todas as idades e com uma bela vista da Serra da Mantiqueira. São 26 jardins no Amatikir com mais de 700 espécies de plantas, além de pontes, lagos, trilhas, estufas e uma casa na árvore (visitação entre 10 e 12 hs) . Estacionamento grátis no local.

Labirinto verde- Amantikir
Labirinto verde- Amantikir

Morro do elefante

Se quiser dá para chegar de carro no Morro do Elefante e ter um vista privilegiada da cidade principalmente a Vila Capivari e arredores. Se não tiver medo de altura, o teleférico pode ser divertido, pelo menos uma vez! Um lugar simples, interessante para tirar fotos da cidade desde que seja um passeio rápido!

Mosteiro de São João

Não é necessariamente uma atração turística mas sim um lugar de paz para passar algumas horas. Se você for religioso ou apenas goste de um lugar sossegado com um belo jardim de bromélias e energia boa, esse é o destino certo. As monjas beneditinas vivem no Mosteiro e cantam músicas gregorianas no final da tarde. 

Bosque do Silêncio

Um local surpreendente bem pertinho do centro de Capivari com muitas opções de lazer. O parque contém trilhas construídas para a contemplação da mata Atlântica com muitas araucárias e várias espécies de flores. Até esquilos podemos encontrar pelo caminho! Não cobram para entrar, somente as atividades de lazer monitoradas são pagas. Mini golfes com 10 mini pistas, paintball, cama elástica, arco e flecha e aluguel de bikes. É recomendável usar repelente mesmo no frio.  Possui uma área extensa de arvorismo com 2 km em cima das árvores e várias redes espalhadas pelo parque, convites irrecusáveis! Paisagem para ser desfrutada com calma, respirando o ar puro da Mata Atlântica. 

 

Após os passeios, um descanso ao sol para recarregar as energias e depois rumo ao centrinho de Capivari!

 

Sol da montanha
Sol da montanha

Gastronomia

Campos na alta temporada é sempre uma festa! As opções de restaurantes são inúmeras, é só escolher o tipo de comida que mais te agrada. Italiana, alemã, carnes, pizzas, pastéis enfim gastronomia para todos os gostos. Costumo ir no Só Queijo( trutas e fondues) , no Toribinha (fondue e chá da tarde), Café da Elaine (o melhor strudel), Le Foyer ou Harry Pisak (comida alemã), Boteco do Vinho ( Camemberg na pedra). Outras opções são o Elio Cucina Especiale no Horto, o Festival de lla Pasta (massas divinas), o Grand Hotel Senac – Arte da Pizza e o Café Terraço (pizzas). Dependendo da fome, até um pastel no famoso Pastel do Maluf !  Dá para rachar, é gigante!! Opção boa é o que não falta na serra!

Foto: Só Queijo
Foto: Só Queijo
Truta com alcaparras
Truta com alcaparras

Inesquecível

A temporada de julho é bem fria e quanto mais frio melhor! Afinal de contas, o inverno e a natureza são um dos principais atrativos de Campos! Respire fundo e aproveite esse inesquecível ar de montanha!

Siga-nos:
Facebook
Facebook
Instagram

A Rota do Vinho em São Roque – uma agradável surpresa!

49 Compart.
Siga-nos:
Facebook
Facebook
Instagram

A Rota do Vinho

Detalhes da Cantina Dona Lina
Detalhes da Cantina Dona Lina

A chamada Rota do Vinho fica no município de São Roque, a cerca de 50 km da capital de São Paulo e é sem dúvida um ótimo passeio gastronômico! Chega-se até o município de São Roque pelas rodovias Raposo Tavares ou Castelo Branco.

 

Você também é daqueles que só de pegar a estrada já fica feliz? Então, esse roteiro bate e volta pode ser o ideal!

 

Vinícola Terra do Vinho
Vinícola Terra do Vinho

O roteiro

 A Rota do Vinho é formado basicamente por três estradas, a do vinho, a Estrada dos Venâncios e a rodovia Quintino de Lima onde concentram-se inúmeras vinícolas, adegas, restaurantes e muitas lojinhas.  Olha os doces, uma verdadeira perdição! 

 

E os vinhos então!

 

 

O mapa 

As estradas do roteiro são bem sinalizadas mas o ideal é você pesquisar e escolher aonde parar com antecedência pois são mais de 20 estabelecimentos.

Mapa da Rota do Vinho
Mapa da Rota do Vinho

Clima de montanha

É impossível ver tudo em um dia só, mas que bom, assim você vai poderá voltar mais vezes! No percurso não deixe de admirar a paisagem e o clima serrano.  

 

 

Boa gastronomia

O nosso objetivo inicial além de degustar vinhos (é claro), era conhecer o famoso restaurante italiano Cantina Dona Lina. Existem vários outros restaurantes renomados no caminho, é só escolher! Pela fila de carros, o restaurante Vila Don Patto promete!! Quem sabe na próxima!

 

Vila do Pato
Vila do Pato

 

Antes de parar para almoçar fomos visitando algumas vinícolas! Prepare-se para comer e beber muito bem!

Adega Terra do Vinho

 

 

Logo no início do roteiro paramos na Terra do Vinho por se considerada uma das melhores adegas da região, realmente um lugar agradável e bem aconchegante! O estabelecimento oferece degustação de frisantes, vinhos diversos, queijos artesanais e sucos de uva! O de uva branca é simplesmente maravilhoso!

Suco de uva branco
Suco de uva branco

O único problema é que dificilmente vai sair dessa vinícola sem levar algum produto! E como resistir a essas delícias? 

Os imigrantes e seus vinhedos

A estrada é rodeada de árvores e construções antigas que remetem às cidades europeias. Imigrantes italianos e portugueses vieram para São Roque e cobriram seus morros com vinhedos e adegas no final do século XIX. Talvez seja esse um dos maiores charmes dessa região!

Villa Cangueira

 

Escolhemos uma segunda parada na Villa Cangueira que desde 1952 está na estância turística de São Roque. Um lugar acolhedor com  videiras, adega, restaurante e área de playground. Ótimo para as crianças!

Villa Cangueira
Villa Cangueira

O que me chamou a atenção na fachada além do belo prédio foram as fontes que parecem transbordar vinho. Vale com certeza algumas fotos!

Villa Cangueira
Villa Cangueira
Villa Cangueira
Villa Cangueira

A lojinha da Cangueira vende vários produtos como geleias, biscoitos (gigantes), vinhos, cachaças e muitos doces de Minas Gerais. Existe até um pastelzinho especial de uva no restaurante! Que tal?

Biscoitos de Minas- Villa Cangueira
Biscoitos de Minas- Villa Cangueira
Villa Cangueiro- pastelzinho de uva
Villa Cangueiro- pastelzinho de uva
Degustação de doces - Cangueira
Degustação de doces – Cangueira

Quando ir 

A Rota do Vinho atrai turistas o ano todo e fica lotado aos domingos e feriados! Na Real na próxima vez, iria no sábado! No verão, entre janeiro e fevereiro parece ser a melhor época para visitar já que é a época da colheita da uva! Os pés de uvas também chamados de videiras, parreiras ou vinhas ficam cheios de frutos. 

Vinícola Casa da Árvore – rústica

 

 

A Casa da Árvore é um lugar bem rústico, com uma pequena tirolesa, e lógico uma lojinha com produção própria. No verão, na época da colheita suas parreiras ficam lotadas e você pode adquirir caixas de uvas com preços bem em conta! Um lugar simples mas interessante para tomar um cafezinho no fim da tarde a beira do lago!  

Vinícola Góes

Vinícola Góes
Vinícola Góes

 

A Vinícola Goes é uma das mais tradicionais da região. Um lugar com um amplo estacionamento, jardins e um lago com música ao vivo. Possui uma visita guiada de 01h30 que custa R$35,00 por pessoa que inclui a degustação de 5 tipos de vinho. Em janeiro, há uma outra visita chamada Vindima e inclui a colheita e pisa da uva. Um lugar bem concorrido, peguei fila para entrar na loja, aonde acontece a degustação. Oferecem vinhos e frisantes para todos os gostos e bolsos! 

 

 

São muitas variedades de vinhos e sucos na Vinícola Góes! Um que faz sucesso na hora da degustação é o chopp de vinho!

Cantina Tia Lina

Lina Squeglia de Góes, a tia Lina (filha de imigrantes italianos), já aos 12 anos preparava um delicioso macarrão com ovo. Fonte: site Cantina Tia Lina.

Na década de 90 começou a desenvolver pratos caseiros e vendia na feira de hortifruti granjeiros aos domingos e fazia um sucesso! Finalmente em 1999, realizou seu maior sonho e inaugurou o seu restaurante. Que sorte a nossa!

Cantina Dona Lina
Cantina Dona Lina

Um ambiente familiar com mais de 300 lugares mas uma casa com ar de fazenda do interior.

Cantina Dona Lina- entrada com ar de fazenda
Cantina Dona Lina- entrada com ar de fazenda

A Cantina da Dona Lina possui estacionamento, brinquedoteca, uma tirolesa e um empório no andar térreo.

Tirolesa Cantina Dona Lina
Tirolesa Cantina Dona Lina

Apesar da espera de quase 1 hora (com senha) valeu a pena cada minuto só para provar o delicioso rondelli 4 queijos com alcachofa.

Rondelli de 4 queijos com alcachofra
Rondelli de 4 queijos com alcachofra

O cardápio é recheado de massas saborosas feitas com molho de tomates caseiro! A polenta de entrada é também bem apetitosa! Os pratos são bem servidos e os sucos naturais são servidos em jarras, deliciosos!

Massas deliciosas para 2
Massas deliciosas para 2

Doces italianos Pasticceria Nonna Grazia (Empório)

Pense em um doce típico italiano tão bom quanto os originais na ilha da Sicília, Itália! Pois bem, “la bellissima” e simpática D. Grazia produz essas delícias! E que surpresa agradável de repente conhecer essa doceira de mão cheia, bem ali no Empório da Cantina D. Lina! Pois é até que esperar pela mesa valeu a pena!

Nonna Grazia
Nonna Grazia

Não é por nada que uma das suas criações, o “Sfogliata” de banana com canela ficou entre os finalistas do festival de gastronomia Sabor de São Paulo!

Doce premiado
Doce premiado
Nonna Grazia a vencedora!
Nonna Grazia a vencedora!

E os cannolis fresquinhos então? Uma massinha fina crocante (faz até barulho) em forma de tubo e recheada com cremes variados de damasco, doce de leite com nozes, chocolate meio amargo entre outros, uma delícia! Experimente o de limão siciliano, é divino!

Cannoli de limão siciliano
Cannoli de limão siciliano

Imagina uma mesa enorme cheia de doces maravilhosos e um ótimo atendimento. Dá para perder? Conselho meu: leve para viagem! Hum!!

Massas, doces italianos, vinhos e cantinhos especiais, tudo de bom! Concordo com o escritor francês renascentista François Rabelais: ” O bom vinho agrega o coração do homem” 

 

 

Siga-nos:
Facebook
Facebook
Instagram

Santana de Parnaíba, SP – Volta ao passado

58 Compart.
Siga-nos:
Facebook
Facebook
Instagram
Casarões preservados
Casarões preservados

Centrinho de Santana de Parnaíba

A cidade histórica de Santana de Parnaíba parece ter parado no tempo! Essa é a sensação que temos quando as paisagens campestres começam a ficar mais próximas e avistamos ao longe a famosa igreja Matriz Sant’Ana. 

Arredores
Arredores
Igreja Matriz Sant'Ana
Igreja Matriz Sant’Ana

Localização

Localizada na região metropolitana da Grande São Paulo e a apenas 35 km da capital, a cidade é uma rota turística de grande importância histórica e cultural. Um ótimo passeio bate e volta! Fica pertinho da linha do Trópico de Capricórnio.

Linha do trópico de Capricórnio
Linha do trópico de Capricórnio

Monumento aos Bandeirantes

Logo na entrada, o suntuoso Monumento aos Bandeirantes retrata o movimento dos bandeirantes que desbravaram o rio Tietê em direção ao oeste paulista e Mato Grosso. Homenageia também o índio e o negro, etnias que contribuíram para a nossa multiculturalidade.

Sorvetes artesanais

Estacione perto da deliciosa sorveteria artesanal Fleur de Lis (só abre durante a semana) e desça a pé até o Monumento. As crianças adoram! O picolé Romeu e Julieta é imperdível!

Arquitetura preservada

O centro histórico possui um charme todo especial por estar tão preservado arquitetonicamente. As portas altas, os balcões dos casarões, as ruas de paralelepípedos e as paredes de pedras compõem esse cenário tão cativante!

 

 

Os sobrados construídos no final do século XVIII, ainda mantêm as fachadas. Um lugar lindo para tirar fotos!

 

Detalhes

Até as as janelas dos antigos casarões são especiais! Crochê por todos os lados. Realmente um charme!

A origem

Santana (como é carinhosamente conhecida) foi fundada em 1580 por Suzana Dias e seu filho André Fernandes. Neta de índio, com ascendência portuguesa, Suzana Dias construiu sua fazenda às margens do rio Anhembi, o atual Tietê. Além de ter fundado a cidade, ainda ergueu a Capela Sant’Ana de quem era devota. (Santa Ana é padroeira da cidade). Na Real, seria tão bom se o rio Tietê fosse limpo como antigamente!

 

Rua Suzana Dias
Rua Suzana Dias
Suzana Dias
Suzana Dias
Rio Tietê
Rio Tietê

Museu Anhanguera

O Museu Anhanguera é o único remanescente de casa bandeirista urbana, imóvel da segunda metade do século XVII com sua arquitetura original e preservada (paredes em taipa de pilão). O imóvel foi tombado em 1958 pelo IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. O famoso bandeirante Bartolomeu Bueno da Silva, o Anhanguera, na Real não viveu nessa casa (como muitos pensam) mas nasceu em Santana de Parnaíba! Vale uma visita pedagógica, a exposição é gratuita e os monitores são bem atenciosos!

Carnaval

O tradicional Grito da Noite é a abertura oficial do carnaval, na sexta a cidade fica às escuras. O cortejo acontece ao som dos tambores e com o desfile dos cabeções (como em Olinda) onde satirizam personalidades, caveiras e fantasmas. Os bonecos são confeccionados com papéis sobrepostos e fixados com cola de farinha de trigo.

Cabeção
Cabeção
Curso gratuitos 

Se quiser aprender a fazer os cabeções, existem cursos gratuitos de artesanato para os moradores da cidade (que inclui parte de Alphaville) no CAA – Centro de Apoio ao Artesão. São cursos variados desde tela, cerâmica a fotografia, inclusive aos sábados! Para informações e vagas acesse o CAA.

 

Drama da Paixão

Na Semana Santa, a encenação do Drama da Paixão é emocionante não apenas pela importância religiosa mas pela grandiosidade do evento. Há 23 anos esse espetáculo ao ar livre reúne muitos atores e figurantes e conta com uma produção impecável. O espaço cenográfico é de 15 mil metros quadrados e acontece às margens do rio Tietê, na Barragem Edgar de Souza. Estrada dos Romeiros km 40. 

Fotos: Arquivo Newsville/ Secom
Fotos: Arquivo Newsville/ Secom

Informação turística

O centro de Atendimento ao Turista apresenta algumas exposições de artistas da região e fornece informações desde opções de restaurantes, hospedagem a passeios. O centro dá uma ótima assistência aos turistas e inúmeros romeiros que visitam a cidade. O famoso roteiro “Caminho do Sol”, rota que engloba 12 municípios, tem como marco zero a cidade de Santana de Parnaíba e como destino a casa de Santiago, em Águas de São Pedro. Ele é inspirado na proposta do “Caminho de Santiago de Compostela” e atrai muitos visitantes.

Cine Teatro

O antigo imóvel da Casa de Misericórdia desativada em 1960, foi restaurada e hoje em dia abriga o Cine Teatro, palco de várias atividades com objetivos filantrópicos e culturais. Confira os eventos e palestras.

 

Cine Teatro
Cine Teatro

A igreja, a praça e o adorável coreto!

Logo em frente a igreja matriz o coreto situado no centro da praça principal dá um ar de cidade de interior. Uma delícia passear pela praça arborizada, comer pipoca e jogar conversa fora! O Coreto é com certeza a cereja do bolo! 

A praça
A praça
Detalhes representando claves de sol
Detalhes representando claves de sol
A igreja- um marco
A igreja – um marco

Lugares interessantes

Dê uma passada no bar do Bartolomeu e experimente o chopp acompanhado de petiscos. A picanha fatiada, servida no réchaud faz sucesso!

Bar do Bartolomeu
Bar do Bartolomeu

Visite a padaria mais antiga da grande São Paulo! A padaria e confeitaria Aurora!

 

Tome um açaí no SOS Açaí

Açaí
Açaí

 

Experimente o cardápio mineiro do tradicional restaurante São Paulo Antigo que mantém o estilo colonial com suas paredes internas em taipa. Outras boas opções no centro de Santana de Parnaíba são o Emprestado di Buteco que serve pratos famosos de restaurantes renomados, o Um Bom Lugar Prime Salad  e a Hamburgueria do Portuga para comer um bom hamburguer. O restaurante Inconfidência Mineira é também logo ali e a cozinha com fogo a lenha! 

 

Confira os produtos mineiros no diversificado empório Caminho da Roça. Uma grande variedade de queijos, geleias, vinhos, biscoitos e muito mais! Tem a fama de ter um dos melhores cafés da cidade!  

 

 

Dê uma passadinha na simpática loja de decoração e presentes Sweet Home.

 

 

E que tal tomar um delicioso café e se reunir com os amigos? Pois bem, o Jardim da Anna oferece um ambiente agradável com bolos deliciosos! Não deixe de experimentar o cappuccino e o delicioso bolo de limão! Hum!!

Bolo de limão
Bolo de limão

Há uma lojinha de artesanato bem simpática também!

Jardim da Anna
Jardim da Anna

Olha esse espaço! Nem parece que estamos tão pertinho da capital!

 

Feirinha no domingo

Aos domingos, na frente da igreja acontece uma feirinha de artesanatos e barraquinhas de comida. A pipoca da D. Sueli é bem famosa! 

 

O importante é caminhar pelo centro histórico e apreciar a paisagem de Santana de Parnaíba como nos velhos tempos! 

 

Loja Sweet Home
Loja Sweet Home
Siga-nos:
Facebook
Facebook
Instagram